Beto comemora retomada do crescimento na produção de Petróleo

25 de Maio de 2022

A produção de petróleo no Rio Grande do Norte voltou a crescer depois que os poços maduros, que haviam ficado ociosos e que voltaram à atividade depois que passaram a ser gerenciados pela iniciativa privada. A boa notícia enfatiza que a decisão de incrementar a produção de petróleo no Estado, tomando como parâmetro iniciativas exitosas nos Estados Unidos e no Canadá, de continuar a exploração com empresas privadas e sob o comando maior da estatal brasileira, deu certo.


O deputado federal Beto Rosado (PP) continuou com a ideia iniciada pelo ex-deputado federal Betinho Rosado, de que os poços maduros de petróleo fossem explorados pela iniciativa privada, comemora o resultado. “Desde o começo sabíamos que seria uma ação que renderia bons frutos. Nossos poços maduros ainda têm condições de produzir petróleo por muitos anos”, disse Beto.


A notícia de que os poços maduros estavam garantindo saldo positivo de produção de Petróleo à Petrobras foi comemorada pelo Sindicato dos Petroleiros do Rio Grande do Norte (Sindpetro/RN).

Tanto que o secretário-geral do sindicato, Pedro Lúcio Góis, enfatizou que a retomada de produção nesses campos está em alta.


Segundo o sindicalista, as empresas privadas estão atuando bem. “Elas estão retomando a produção dos campos que nos últimos seis anos permaneceram sem as devidas manutenções em decorrência da decisão equivocada do Governo Federal de retirar a Petrobrás no RN. Assim, bastam pequenas intervenções nos poços para alavancar um pouco a produção, mas ainda estão muito distantes do padrão de investimentos da Petrobrás até 2015, antes de decidir vender os ativos, e mais distante ainda das promessas feitas pelos entusiastas da privatização”, disse Pedro.


O deputado Beto Rosado enfatiza que graças à atuação das empresas privadas nos campos maduros houve o incremento na produção de petróleo e também na geração de emprego e renda.