Beto cobra do DNIT celeridade nas obras da Reta Tabajara

Estrada do Cajueiro (BR 437) e anel viário de Mossoró também estiveram em pauta

Em audiência com o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes General Dantas, nesta segunda-feira (8), o deputado federal Beto Rosado (Progressistas) apresentou preocupação com as obras de estruturação da malha viária do estado: duplicação da BR 304 (reta tabajara), pavimentação asfáltica da BR 437 (estrada do cajueiro) e conclusão do anel viário de Mossoró. 

O parlamentar já apresentou para a superintendência nacional do DNIT a necessidade da conclusão da “reta tabajara”, para que os projetos da duplicação até Mossoró sejam também concluídos brevemente. Beto também cobrou a execução do projeto de pavimentação asfáltica da estrada do Cajueiro, que liga o Rio Grande do Norte ao Ceará, uma luta antiga e que já dura mais de 20 anos; além da execução das obras no anel viário de Mossoró com a construção de 10 passarelas e iluminação pública.

“A reunião foi muito produtiva. Com relação às obras da reta tabajara, que já foram retomadas, o órgão se prontificou em garantir o andamento sem intercorrências. Para a estrada do cajueiro está garantido o recurso de R$ 1 milhão para manutenção ainda este ano. Segundo o DNIT, o anel viário de Mossoró já tem recurso garantido, faltando apenas a conclusão dos projetos para iluminação”, afirmou Beto.