Itajá, Rafael Godeiro e Portalegre receberão R$ 1 mi em emendas do Mandato Participativo

Os municípios de Itajá, Rafael Godeiro e Portalegre foram os mais votados pela população do Rio Grande do Norte, no Mandato Participativo, para receber R$ 1 milhão em emendas impositivas do deputado federal Beto Rosado (Progressistas) ao Orçamento Geral da União (OGU) de 2018.

A votação foi iniciada no dia 11 de outubro e finalizada no último sábado (11). Em 30 dias de duração, o Mandato Participativo recebeu 7.022 participações, de 100 municípios potiguares diferentes.

DSC_0055

A auditoria realizada no último domingo (12), após a votação, pela equipe técnica responsável pelo sistema do Mandato Participativo, constatou algumas irregularidades. Foi identificada a utilização de “robôs” para repetição de votos, como também de e-mails e telefones falsos. Os votos considerados irregulares foram anulados. Devido à anulação de votos inválidos, algumas parciais divulgadas anteriormente sofreram alterações.

Os três municípios vencedores tiveram obras de pavimentação como as ações escolhidas pelo povo para serem realizadas. Itajá, escolhido por 24,6% dos potiguares, receberá R$ 500 mil, enquanto Rafael Godeiro (21,3%) e Portalegre (17,3%) serão contemplados com R$ 250 mil cada.

“O Mandato Participativo possibilitou a definição popular de ações para os municípios potiguares. Estou muito feliz com o alto número de participações. Potiguares de mais de 100 cidades votaram. O alto número de participações mostrou que o projeto é um sucesso. Vamos continuar com a ideia para o ano que vem”, destacou Beto Rosado.

Confira os 10 municípios mais votados:

Itajá 1.738

Rafael Godeiro 1.502

Portalegre 1.212

Caraúbas 530

Touros 434

Riacho da Cruz 370

Lagoa d’Anta 182

Mossoró 181

Severiano Melo 141

Tibau 78

Anúncios

Votação do Mandato Participativo de Beto Rosado vai até o dia 11 de novembro

A votação do Mandato Participativo, do deputado federal Beto Rosado (PP), que vai escolher a destinação de R$ 1 milhão em emendas parlamentares protocoladas pelo progressista no Orçamento Geral da União (OGU) de 2018 será encerrada às 23h59 do dia 11 de novembro.

A população do Rio Grande do Norte tem mais 10 dias para acessar o site http://www.mandatoparticipativorn.com.br e votar na ação que deseja para o seu município. A cidade mais votada receberá emenda de R$ 500 mil. A segunda e a terceira, de R$ 250 mil cada.

O projeto pioneiro no Estado, lançado por Beto Rosado, já mobilizou mais de 50 mil participações. O resultado final será divulgado no dia 12 de novembro, por meio das redes sociais do parlamentar.

Mossoró receberá 10 passarelas na BR-304

Em audiência com o deputado federal Beto Rosado (PP), nesta terça-feira (31), o diretor de planejamento e pesquisa do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), André Martins de Araújo, anunciou a autorização para a construção de 10 passarelas na BR-304, em Mossoró.

Beto destacou a importância desta ação, pleiteada pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP), para o Município. “Estamos na luta para garantir a segurança dos mossoroenses nas vias públicas. Essas passarelas são fundamentais neste sentido”, afirmou Beto.

Beto reivindica decreto que dá segurança jurídica aos produtores de sal

Em reunião com os advogados da Presidência da República Felipe Sabino e Gustavo do Vale, nesta quarta-feira (25), em Brasília, o deputado federal Beto Rosado reivindicou a publicação do decreto presidencial que transforma o sal em um bem de interesse social.

O decreto, segundo o parlamentar, dará segurança jurídica para os produtores. “ As salinas empregam hoje mais de 15 mil pessoas no Rio Grande do Norte. Na cadeia produtiva, são mais de 50 mil beneficiados indiretamente. Precisamos deste decreto para garantir a proteção jurídica a essa atividade tão importante para o nosso Estado”, destacou Beto Rosado.

Potiguares já podem votar para decidir destino de emendas parlamentares

Já está no ar o site www.mandatoparticipativorn.com, lançado pelo deputado federal Beto Rosado (PP), nesta quarta-feira (11), para dar aos potiguares o poder de decisão sobre o destino de R$ 1 milhão em emendas parlamentares do seu mandato ao Orçamento de 2018. A votação segue até o dia 11 de novembro.

No site, o internauta pode escolher entre 10 ações para destinar os recursos. Em seguida, o município para o qual deseja a realização. As três ações mais votadas com os três municípios respectivamente mais indicados serão escolhidas. A primeira cidade receberá R$ 500 mil. A segunda é a terceira, R$ 250 mil cada.

“Criamos esse mecanismo para possibilitar ao povo a decisão sobre o envio de recursos federais para os municípios do Estado. É simples, rápido e fácil. Os municípios que tiverem melhor poder de mobilização e conquistarem mais votos sairão vencedores”, explicou Beto Rosado.

Mandato_Participativo

População do RN escolherá destino de R$ 1 milhão em emendas federais

O deputado federal Beto Rosado (PP) lançará, nesta quarta-feira (11), às 18 horas, em transmissão ao vivo pelo Facebook, o projeto “Mandato Participativo”, no qual o povo do Rio Grande do Norte decidirá o destino de R$ 1 milhão em emendas parlamentares impositivas colocadas no Orçamento Geral da União (OGU) de 2018.
Por meio do site www.mandatoparticipativorn.com.br, os potiguares votarão entre dez ações para as quais as emendas poderão ser destinadas e os municípios que serão beneficiados. As três ações com os três municípios mais votados serão contempladas. Após a escolha, o internauta poderá indicar como sugestão o bairro para o qual deseja indicar a realização proposta.
DSC_0360
“Essa é mais uma ferramenta de participação popular nas ações do nosso mandato. O povo vai decidir onde serão investidos esses recursos. Estamos lançando neste ano de 2017 e pretendemos continuar com essa sistemática. Assim, a população poderá participar de forma direta e ativa das nossas ações. Na transmissão ao vivo que farei, darei mais detalhes”, declarou o Beto Rosado.

Beto pleiteia reconhecimento do sal como bem de interesse social 

Em audiência com o presidente Michel Temer (PMDB), o deputado federal Beto Rosado (PP), junto com representantes da bancada do Rio Grande do Norte em Brasília e de empresas salineiras potiguares, nesta quarta-feira (27), pleiteou o reconhecimento do sal como bem de interesse social, para que a comercialização do produto ganhe segurança jurídica em âmbito nacional.
WhatsApp Image 2017-09-27 at 13.15.15
De acordo com Beto, a cadeia produtiva do sal, sendo o Rio Grande do Norte responsável por 95% da produção do País, enfrenta uma série de dificuldades, devido à falta de um ato do governo que oficialize a importância do produto.
“O Rio Grande do Norte é o maior produtor de sal do Brasil. Esse decreto é de extrema importância para garantir a manutenção da nossa cadeia produtiva, que gera milhares de empregos diretos e indiretos, e um futuro promissor”, ponderou o parlamentar.
O deputado também é autor do Projeto de Lei que reduz a zero as alíquotas de contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins na comercialização do sal no mercado interno; do Projeto de Decreto Legislativo que acaba com a obrigatoriedade de iodação do sal destinado à alimentação animal; e da Indicação para que o Executivo desonere o ICMS na venda de mercadorias que compõem a cesta básica, na qual o sal está inserido.