Regras propostas por Beto Rosado para o setor elétrico entram em vigor

DSC_0124

Entraram em vigor neste mês de março as alterações promovidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica na resolução 482/2012, que criou o Sistema de Compensação de Energia Elétrica. Esse sistema permite que o consumidor instale pequenos geradores em sua unidade consumidora e troque energia com a distribuidora local com o objetivo de reduzir o valor da fatura de energia. Esses pequenos geradores podem ser painéis solares ou microturbinas de energia eólica.

Algumas das alterações realizadas pela ANEEL foram sugeridas pelo deputado Beto Rosado (PP) à diretoria da agência, em dezembro do ano passado. Presidente da Frente Parlamentar da Energia Renovável, o deputado havia proposto à ANEEL que os créditos gerados pelo sistema de compensação também pudessem ser utilizados para abater o consumo de unidades do mesmo titular situadas em outro local.

A proposta de Beto Rosado foi aprovada pela agência, com o critério de que as unidades estejam na área de atendimento de uma mesma distribuidora. Sendo assim, quando a quantidade de energia gerada no mês for superior à energia consumida, o consumidor fica com crédito que pode ser utilizado para diminuir a fatura dos meses seguintes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s